As diversas aplicações para a sua nota do ENEM

Saiba como usar o resultado da avaliação e realizar o sonho de ingressar no ensino superior

Criado inicialmente para avaliar a qualidade da educação brasileira, o Exame Nacional do Ensino Médio acabou virando a principal porta de entrada para o ensino superior no País. O Enem também vem sendo usado como critério em uma série de programas do Governo Federal de democratização de acesso a universidades públicas e privadas.

Se você fez a prova e não sabe exatamente o que fazer com a sua avaliação, não se preocupe. São inúmeras as faculdades que aceitam a nota do ENEM, seja com bolsa integral ou descontos generosos. Veja uma lista de benefícios imperdíveis que um bom resultado na prova pode trazer para que possa realizar o sonho de ingressar no ensino superior:

Vagas em universidades públicas pelo Sisu

Universidades federais e estaduais disponibilizam, todos os semestres, milhares de vagas para candidatos selecionados em função de seu desempenho no Enem por meio do Sisu (Sistema de Seleção Unificada), do Governo Federal. Conheça algumas instituições:

  • Universidade Federal do Acre (UFAC);
  • Universidade Federal de Alagoas (UFAL);
  • Universidade Federal do Amazonas (UFAM);
  • Universidade Federal da Bahia (UFBA);
  • Universidade Federal do Ceará (UFC);
  • Universidade de Brasília (UNB);
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);
  • Universidade Federal do Paraná (UFPR);
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);
  • Universidade de São Paulo (USP).

Vagas em um curso técnico pelo Sisutec

Dependendo do seu resultado do Enem, você pode conquistar vagas para cursos técnicos em instituições públicas e privadas de educação profissional e tecnológica pelo Sisutec (Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica), um processo seletivo realizado semestralmente.

Bolsas de estudo pelo Prouni

A nota do Enem serve como critério de classificação para o Prouni (Programa Universidade para Todos), um programa do Governo Federal que oferece bolsas de estudo de 50% a 100% em faculdades privadas. Mas só concorrem candidatos com renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até três salários mínimos.

Bolsas de estudo na faculdade privada

Algumas faculdades privadas dão bolsas para estudantes foram bem no Enem, independente do MEC, ou seja, mesmo que você não consiga desconto pelo Prouni, pode conquistá-lo através da prova.

Financiamento da faculdade pelo Fies

O Enem também é imprescindível para conseguir o financiamento da sua faculdade pelo Fies (Fundo de Financiamento Estudantil, mas, para isso, o estudante precisa obter média igual ou superior a 450 no exame, não ter zerado a redação e possuir renda mensal familiar bruta, por pessoa, de até cinco salários mínimos para participar da seleção para uma das modalidades do Fies.

Entrar na universidade sem prestar vestibular

Não são poucas as faculdades e universidades particulares que aceitam a nota do Enem para ingresso na instituição, isentando o candidato da necessidade de prestar o vestibular. Se for bem no exame, é bem capaz de isentar você desta etapa.

Complementar a nota do vestibular

Nem todas as universidades usam esse recurso, mas é possível utilizar a nota do Enem para complementar a pontuação no vestibular, aumentando, assim, as chances de entrar no curso que deseja. Os critérios e pesos atribuídos ao exame variam bastante, portanto, consulte o edital do vestibular para saber se a faculdade onde você pretende estudar aceita essa ajuda extra e como funciona esse processo.

Estudar em uma universidade em Portugal

Cerca de 30 universidades de Portugal aceitam a nota do Enem como critério para ingresso. Instituições como a Universidade de Coimbra, o Instituto Politécnico do Porto e a Universidade de Lisboa participam do convênio.

Fazer um intercâmbio internacional pelo Ciência sem Fronteiras

O Programa Ciência sem Fronteiras (CsF) exige que o aluno tenha obtido pelo menos 600 pontos no Enem, considerando os testes aplicados a partir de 2009. Portanto, dedique-se no exame para aproveitar o programa do Governo federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *